Jornalista Régis Oliveira: Cid isenta Camilo Santana de responsabilidades em fraudes

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Cid isenta Camilo Santana de responsabilidades em fraudes



O governador justificou que as denúncias não são da gestão do petista e descartou a possibilidade de afastá-lo.
Por: Márcio Dornelles
O governador do Ceará, Cid Gomes, bem que tentou evitar a polêmica em torno das denúncias de desvio de recursos na construção de kits sanitários em cidades do interior. Enquanto os repórteres insistiam no tema, o chefe do Executivo estadual repetia a expressão "sem comentários". Mas, entre uma pergunta e outra, resolveu falar, defendendo o secretário de Cidades, Camilo Santana.
Durante entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (8), no final da solenidade de inauguração da nova sede do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Cid Gomes descartou a possibilidade de afastar seu comandado, sob o argumento de que Camilo não estava à frente da pasta na data das irregularidades.
“Eu não vou afastar secretário. Se você tiver o mínimo de cuidado e digo até responsabilidade para ver o problema. Aconteceu na gestão passada. Não era o secretário Camilo que estava. Eu não estou, com isso, transferindo a responsabilidade nem para o ex-secretário Cartaxo, nem para o ex-secretário Jurandir Santiago. Os dois não estão mais na secretaria”, explicou.
Cid garantiu que se empenhará em acompanhar e resolver o tema. "Nós vamos acompanhar. Daqui alguns dias eu voltarei e direi que todos os banheiros foram concluídos. O dever do Estado é fazer com o benefício chegue à população e nós estamos cuidando disso."
Indagado sobre um possível desgaste na imagem de Camilo Santana, um dos nomes cogitados por correntes do PT para assumir o lugar de Luizianne Lins na Prefeitura de Fortaleza, o governador assegurou que não. Ao contrário." Acho que pode ficar demonstrado claramente o seu espírito público, a sua disposição de fazer o que tem que ser feito. Ele, desde o começo, vem cumprindo o seu papel com retidão e seriedade", finalizou.

Nenhum comentário: