Jornalista Régis Oliveira: Após um história de 28 anos Heitor Férrer deixará o PDT

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Após um história de 28 anos Heitor Férrer deixará o PDT


Ele é sondado pelo PSB e PMDB.
O deputado estadual Heitor Férrer teve, na manhã desta terça-feira (18/08), o seu mais amargo café dos últimos 28 anos como militante do PDT. Heitor dormiu ontem à noite e acordou cedo com a certeza de que a história com o PDT está se encerrando, de forma frustrante e sem o sonho de concorrer, pela sigla, em 2016, à Prefeitura de Fortaleza.
Com a ida dos irmãos Cid e Ciro Gomes, com os aliados para o PDT, Heitor Férrer não tem ambiente para permanecer na sigla fundada pelo ex-governador Leonel Brizola. Heitor é oposição à administração Roberto Cláudio, ao Governo Camilo Santana e, nos dois mandatos de Cid Gomes como Governador, fez as principais denúncias contra o Governo.
Com as informações sobre o andamento dos entendimentos entre Cid e Ciro Gomes com o presidente da Executiva Nacional do PDT, Carlos Lupi, o deputado Heitor Férrer ainda torcia para a filiação dos Ferreira Gomes se tornar inviável. Heitor sonhava em permanecer no PDT.
O cenário, porém, se desenhou em outra direção e, com o avanço das negociações entre Cid e Ciro Gomes, as portas do PDT estão ficando mais estreitas para Heitor Férrer que, em 2012, recebeu 262.365 votos na disputa pela Prefeitura de Fortaleza. Heitor ficou em terceiro lugar na corrida eleitoral, perdendo a vaga no segundo para o então candidato e hoje prefeito Roberto Cláudio. Agora, fora do PDT, Heitor buscará uma nova sigla para concorrer à sucessão de Roberto Cláudio. Heitor recebeu sondagens do Solidariedade, PSB e PMDB.

Nenhum comentário: