Jornalista Régis Oliveira: Polícia faz neste sábado reconstituição da morte de mãe e filha em Paracuru

sábado, 12 de setembro de 2015

Polícia faz neste sábado reconstituição da morte de mãe e filha em Paracuru

Neste sábado (12), a Polícia realiza a reconstituição do homicídio de Adriana Moura de Pessoa Carvalho Moraes (38) e de sua filha Jade, de oito meses, que foram encontradas mortas no início da manhã do dia 23 de agosto, em uma casa de veraneio em Paracuru. 

De acordo com a delegada Socorro Portela, que preside as investigações sobre o caso e é diretora da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a reconstituição tem o objetivo de esclarecer alguns pontos do fato. A simulação está prevista para iniciar na madrugada de sábado para domingo, na casa onde as vítimas foram achadas, em Paracuru.
Marcelo Barberena Moraes, que é marido de Adriana e pai da bebê, é apontado como principal suspeito do crime. Ele foi preso logo após a Polícia ser acionada para o local para uma ocorrência de roubo em que duas pessoas foram mortas, dentro da casa que pertence aos pais de Adriana. Assim que chegaram ao local, os policiais desconfiaram da versão de roubo seguido de morte apresentada por Marcelo, visto que o local não apresentava nenhum sinal de arrombamento ou nada de valor foi levado. Adriana Moura foi atingida na cabeça, e a bebê, nas costas.
Na casa, além das vítimas e do suspeito, estava outra filha do casal, o irmão de Marcelo, com a esposa e filhos. Os adultos foram encaminhados para a sede da DHPP, onde o irmão de Marcelo e sua esposa prestaram depoimento – na condição de testemunhas -, já Marcelo foi preso em flagrante pelo crime.

Nenhum comentário: