Jornalista Régis Oliveira: Eleitores vão as urnas e elegem novo prefeito em Araripe

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Eleitores vão as urnas e elegem novo prefeito em Araripe

A Eleição Suplementar para escolha de Prefeito e Vice-Prefeito do município de Araripe, no Cariri Oeste do Estado, realizada ontem (06/12), aconteceu com absoluta tranquilidade, sem registro de qualquer irregularidade.

A Eleição foi realizada em decorrência da decisão do Pleno do TSE, datada do último dia 22 de setembro, mediante Recurso Especial Nº 13426, que ratificou decisão do TRE-CE, de manter a cassação do prefeito e vice-prefeito eleitos em 2012, José Humberto Germano Correia e Guilherme Lopes de Alencar, ambos do PSD-CE, e determinando a realização da nova eleição.

Concorreram na nova disputa, os candidatos Giovane Guedes Silvestre (prefeito) e Francisco de Sales Alves Andrade, pela Coligação “Araripe Para Todos” (PT/PR/DEM/PSDC), e Damião Rodrigues de Alencar (prefeito) e Francisco Bosco dos Santos (vice-prefeito), pela coligação “Para o Araripe Seguir Avançando” (PSD, PP, PROS).
O Juiz Eleitoral da 68ª Zona Eleitoral, Marcelo Wolney de Alencar, informou que tanto o breve período de campanha, que totalizou 45 dias até o dia da eleição, quanto à própria eleição, transcorreram com tranquilidade, não sendo identificado nenhum tipo de irregularidade, crime eleitoral ou qualquer ato que atrapalhasse o processo eleitoral. A única intercorrência observada foi a necessidade de adicionar uma bateria reserva em uma urna na Escola Violeta Arrais, no Bairro Campo de Aviação, no início da manhã, porém sem ter causado qualquer prejuízo à eleição naquela seção, não tendo sido necessário substituição da referida urna. De acordo com o magistrado, Araripe possui 17.127 eleitores, e que o nível de abstenção numa eleição convencional varia entre 20 e 30%. Nesta eleição suplementar, o índice de abstinência alcançou a margem de 33,89%, equivalente a 5.805 eleitores faltosos. O Juiz informou ainda que foram 64 seções eleitorais, sendo 02 agregadas.
A expectativa, durante todo o processo, era da vitória dos candidatos da coligação “Araripe para Todos”, indo de encontro aos anseios da população de que haja uma mudança substancial. Os seus adversários tiveram uma campanha muito discreta. O resultado foi condizente com o esperado. A chapa dos candidatos Geovani Guedes e Francisco de Sales venceram a eleição suplementar com 7.614 votos, equivalente a 72,82% dos votos válidos, contra 2.842 votos da coligação adversária, um percentual de 27,18% dos votos válidos.
Fonte .;Ceará Agora

Nenhum comentário: