Jornalista Régis Oliveira: Profetas da chuva fazem previsões e são otimistas sobre o inverno cearense em 2017

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Profetas da chuva fazem previsões e são otimistas sobre o inverno cearense em 2017

Em Quixadá, dezenas de homens e mulheres que cresceram lendo a natureza discutem sobre a possibilidade de chuvas no Ceará em 2017. É o 21º Encontro dos Profetas da Chuva, que este ano enfrenta a ansiedade de um possível sexto ano de seca severa no Estado. De acordo com as apresentações deste sábado, a quadra chuvosa será positiva, mas ainda em intensidade insuficiente para recarregar os reservatórios. 








O encontro começou emocionado. O falecimento de um dos mais velhos profetas, Seu Antônio Lima, levou lágrimas aos participantes da tradicional festa. Depois de cinco anos sem chuvas que consigam dar alívio ao cearense - principalmente o sertanejo - os profetas são otimistas. A lua e a composição de astros que a envolvem são um dos principais meios que a natureza escolhe para ser traduzida. Mas tem também o movimento dos ventos, as andanças dos animais, os formatos das plantas...

O profeta Josué disse que observa a estrela Dalva e, de acordo com seu movimento, é capaz de prever chuvas para o Ceará este ano. “A estrela está voltando para o Norte, isso significa que vai ser bom inverno”, ressaltou. Ele contou que acompanhou a vinda da estrela do Norte para o Sul. “Teremos bom inverno e muitas chuvas”, reforçou. 

Para Elismar, 2017 foi um ano difícil de prever. Mesmo assim, os astros puderam lhe mostrar que o Estado terá precipitações localizadas a partir da segunda quinzena de fevereiro, se intensificando nos meses de março e abril. “Deus me permitiu ver os astros”, frisou.
 
Célio de Assis, outro profeta de Quixadá, observa a carnaúba. Segundo suas observações, vai ter chuva nesse ano.

"É um nível de conhecimento importante. Baseado na observação da natureza. Todo conhecimento tem sua validade e deve ser reconhecido. E esse é um evento de cultura popular muito importante para o Ceará", disse o presidente da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos, João Lúcio de Farias.

Na próxima quarta-feira, dia 18, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) divulgará o primeiro prognóstico de chuva no Ceará para 2017. 
 

FUNCEME vai elaborar a previsão climática em Workshop Internacional realizado nos dias 16 e 17 e divulgará dia 18.
Já tem data marcada a divulgação do prognóstico da quadra chuvosa de 2017 no Ceará. Será no dia 18 de janeiro, em coletiva de imprensa marcada para as 9h30, no Palácio da Abolição. A previsão para o acumulado de chuvas no trimestre fevereiro-março-abril será elaborada durante o XIX Workshop Internacional de Avaliação Climática para o Semiárido Nordestino, a ser realizado nos dias 16 e 17 de janeiro de 2017, na Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). 

Participam do Workshop pesquisadores da Funceme, de agências meteorológicas de outros estados do Nordeste, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/Inpe) e de agências internacionais, além da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e Universidade Federal do Ceará (UFC).  

O prognóstico será apresentado na coletiva do dia 18 pelo presidente da Funceme, Eduardo Sávio Martins, e apresentará as probabilidades de cada uma das três categorias (abaixo, em torno e acima da média histórica) referentes ao acumulado de precipitações nos três primeiros meses da quadra chuvosa. Em fevereiro, a Funceme elabora e divulga novo prognóstico fazendo referência aos meses de março, abril e maio. 


Redação O POVO Online com informações da repórter Eduarda Talicy, enviada a Quixadá e site da FUNCEME.

 

Nenhum comentário: