Jornalista Régis Oliveira: Lula e Dilma inauguram trecho da transposição cinco dias após Temer

segunda-feira, 20 de março de 2017

Lula e Dilma inauguram trecho da transposição cinco dias após Temer


Em evento com forte teor eleitoral, os ex-presidentes chamaram de "mentira" inauguração do mesmo trecho feita semana passada pelo presidente Michel Temer. Paternidade da obra provoca queda de braço entre PT e PMDB.

Reacendendo polêmica em torno da paternidade da transposição do Rio São Francisco, os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff “inauguraram” ontem trecho da obra em Monteiro, no Sertão da Paraíba. Em palco montado às margens da obra, os petistas chamaram de “mentira” inauguração do mesmo trecho feita semana passada pelo presidente Michel Temer (PMDB).

O evento, que contou com a presença de parlamentares petistas e do governador Ricardo Coutinho (PSB), acabou tomando fortes ares de campanha eleitoral. Em tom emotivo, o ex-presidente Lula se lançou na arena eleitoral de 2018 e criticou uma articulação pública com o objetivo de impedir seu retorno ao Palácio do Planalto.

“Eu nem sei se estarei vivo para ser candidato em 2018, mas sei que eles querem evitar que eu seja candidato. Eles que peçam a Deus para eu não ser candidato. Porque, se eu for, é para ganhar a eleição nesse País”, disse Lula, diante de milhares de pessoas que lotaram a cidade.

Por diversas vezes, Lula fez menções indiretas às suspeitas levantadas contra ele na Justiça, afirmando que ações buscam minar sua candidatura. “Vocês sabem o que estão tentando fazer com a esquerda nesse País, o que fizeram com a Dilma e estão tentando fazer comigo. Eu quero dizer que, se eles quiserem brigar comigo, vão brigar comigo nas ruas”, disse o ex-presidente, hoje réu em cinco ações penais.

Nenhum comentário: